Dia: 16 de abril de 2024

Depois de ‘The Flash’, Grant Gustin faz sua estreia na Broadway em ‘Water For Elephants’

Depois de interpretar o super-herói combatente do crime, Barry Allen, em “The Flash” por quase uma década, Grant Gustin felizmente correu e se juntou ao circo.

O ator nascido na Virgínia pode ser encontrado sob a tenda – isto é, a versão da Broadway – na adaptação musical de “Water for Elephants”, que estreou no Imperial Theatre de Nova York no mês passado. Ele estrela como Jacob Jankowski, um veterinário em treinamento que fica na miséria e à deriva após uma tragédia familiar nos primeiros anos da Grande Depressão.

Conforme lembrado em flashback por Jacob mais velho (interpretado por Gregg Edelman), o personagem foge da cidade e se torna um passageiro clandestino que viaja de trem. Ele finalmente se refugia no circo itinerante dos Irmãos Benzini, onde cuida de animais e se apaixona por uma treinadora de cavalos e acrobata, Marlena (Isabelle McCalla). A dupla logo embarca em um romance que se torna um ato de corda bamba por si só, visto que Marlena é a esposa do volátil mestre de cerimônias do circo, August (Paul Alexander Nolan).

“Sinto-me atraído por personagens que possuem qualidades que eu gostaria de ter ou que poderiam desenvolver um pouco mais em mim mesmo”, disse Gustin ao HuffPost. “A única comparação que posso fazer entre Jacob e Barry Allen é a luta deles para seguir em frente diante da tragédia e de grandes perdas.”

Jacob “perde seus pais, sua casa e sua carreira, e ele realmente não tem mais nada, mas decide encontrar uma maneira de continuar vivendo sua vida com luz e otimismo”, continuou Gustin. “Tenho tendência a ser pessimista e duro comigo mesmo.”

“Water for Elephants”, dirigido por Jessica Stone e baseado no amado romance de Sara Gruen de 2006, marca a estreia de Gustin na Broadway. O ator é uma presença de palco charmosa e afável, interpretando as canções do musical com influências bluegrass e folk (escritas por PigPen Theatre Co., um coletivo de sete músicos) com desenvoltura.

E acontece que Gustin não deixou totalmente para trás sua força de super-herói. Durante uma sequência de tirar o fôlego, o ator é içado no ar acima do palco em um trapézio enquanto canta.

“Foi um pouco ansioso, com certeza”, disse ele sobre o regime de treinamento que a cena exigia. “Mas todas as precauções de segurança que podemos tomar foram tomadas, então foi mais um obstáculo mental.”

Tendo anteriormente mostrado suas proezas vocais como “Warbler vilão” Sebastian Smythe em “Glee”, Gustin está de olho na Broadway há algum tempo. Sua última experiência no palco foi uma produção em turnê de “West Side Story”, em 2010, na qual ele interpretou Baby John, membro dos Jets. Ao longo dos anos, ele recebeu ofertas de papéis substitutos em vários musicais existentes, mas não conseguiu se comprometer com os ensaios devido ao seu rigoroso cronograma de filmagens em “The Flash”.

Mas depois que “Water for Elephants” completou seu teste de 2023 em Atlanta, e o ator Ryan Vasquez deixou o papel de Jacob para se juntar à companhia de “The Notebook” da Broadway, Gustin conseguiu um teste.

“Meu sonho sempre foi criar um personagem na Broadway e comecei a sentir que isso não era possível”, lembrou ele. “Há muitas pessoas talentosas por aí, então ter a chance de tentar alguma coisa não é fácil. Essa oportunidade caiu no meu colo e tive que lutar por ela e vencê-la. Fiquei meio obcecado em conseguir o emprego.”

Embora Gustin geralmente more em Los Angeles, ele espera que “Water for Elephants” seja a primeira de muitas passagens teatrais. Ele e sua esposa, a fisioterapeuta Andrea “LA” Thoma, terão um marco pessoal ao receberem seu segundo filho ainda este ano. O casal também compartilha uma filha de 2 anos, Juniper Grace Louise.

Quando se trata de navegar na paternidade e em sua carreira, Gustin planeja continuar a buscar “oportunidades que me entusiasmam” enquanto “encontra o equilíbrio”.

“Eu nunca viria para Nova York sem minha família, então foi uma grande conversa, que sentíssemos que poderíamos fazer isso ou não”, disse ele. “Minha família é minha prioridade número 1 e eles têm me apoiado muito ao fazer isso. Tenho tendência a ficar mais preocupado com a forma como as coisas vão correr do que a minha mulher. Ela adota o ponto de vista de ‘Vamos descobrir’. Quero dizer, ela sempre me lembra de dizer coisas positivas em voz alta.”

Quanto ao seu futuro na Broadway, Gustin lista o diretor Michael Arden – que ganhou um Tony pela remontagem de “Parade” liderada por Ben Platt no ano passado – como um de seus colaboradores dos sonhos, junto com os compositores de “Dear Evan Hansen” e “La La Land”, Benj Pasek e Justin Paul. Ele também gostaria de tentar uma peça direta e conversou com o dramaturgo Rick Elice, que escreveu o roteiro de “Water for Elephants”, sobre como trabalhar juntos em um segundo projeto.

“É bom para mim, tanto como humano quanto como ator, me sentir um pouco desconfortável agora, depois de ficar tão confortável fazendo [‘The Flash’] por tanto tempo”, disse Gustin. “Eu adoraria mudar isso. Quero me desafiar de maneiras diferentes – talvez interpretando alguns vilões, alguns personagens que não são fáceis de torcer. Ainda não sei quais são os papéis, mas quero poder fazer tudo.”

Fonte: HuffPost

Tradução e adaptação: Grant Gustin Brasil