Grant Gustin compartilha o que mais sente falta em The Flash

Grant Gustin tem uma resposta nada surpreendente para o que ele mais sente falta de The Flash: “As pessoas”, disse ele ao The A.V. Club em uma entrevista recente. “Fiz isso por quase 10 anos. Eu tinha 23 anos quando o show começou e 33 quando o show terminou, e cresci, e aprendi muito sobre quem eu era, e amadureci muito ao longo do processo, e fui cercado por elenco e equipe que se tornaram uma família. Quer dizer, é tão clichê, mas é verdade. Passei muito mais tempo com todas essas pessoas do que com qualquer pessoa que fosse minha família real durante aqueles anos. E é estranho terminar de repente e saber que nunca mais estaremos todos na mesma sala ao mesmo tempo.”

Mas mesmo algumas das coisas que foram “mais difíceis” de lidar na série de super-heróis da CW, agora são boas lembranças para o ator de Barry Allen. “Vestir o traje no centro de Vancouver às 4 da manhã, na chuva, em ambientes difíceis”, refletiu Gustin. “Eu sabia durante a última temporada que sentiria falta disso, e sinto. Tipo, sinto falta de vestir o traje e ficar no centro de Vancouver às 4 da manhã, filmar uma sequência de ação, porque foi uma experiência realmente única.”

Só recentemente Gustin conseguiu apreciar plenamente a base de fãs “apaixonados” do Arrowverse. “Acho que talvez eu tenha subestimado o quanto o programa significaria para as pessoas”, disse ele, observando que enquanto o programa estava acontecendo ele tentou manter o foco no trabalho e não no “ruído externo”. Embora ele estivesse “consciente da base de fãs”, foi só quando a série terminou e ele começou a frequentar convenções e conhecer os fãs pessoalmente que ele teve a experiência completa. “Acho que me inclinei mais nisso e comecei a aproveitar o relacionamento dos fãs desde que a série terminou, e ver o quanto isso realmente significa para, tipo, [uma] geração inteira de pessoas e famílias inteiras, e como é especial de ver o quanto as pessoas amam o show”, ele compartilhou. “Tento manter meu foco um pouco mais singular enquanto faço o trabalho, para não ficar sobrecarregado com isso. Mas agora posso aproveitar, agora que ficou para trás.”

Depois de uma longa temporada em The Flash, Gustin esperava que a próxima coisa que fizesse fosse subir ao palco, mas ele não estava pensando em contratar um musical. (“Eu meio que imaginei que seria uma peça simples, porque estava com medo de cantar de novo, honestamente”, ele admitiu.) Mesmo assim, ele aproveitou a chance de se juntar ao novo show da Broadway, Water For Elephants, e interpretar o papel principal, que “sempre foi um sonho meu”, disse ele.

Felizmente, ele tem muita experiência em que se apoiar – inclusive em The Flash. A canção de proposta romântica “Running Home To You” é um dos momentos musicais favoritos de Gustin que ele teve na tela, especialmente porque foi escrita pelos incríveis compositores vencedores do Oscar e do Tony, Benj Pasek e Justin Paul. “Na verdade, eu os conheci quando estava na Elon, na faculdade, eles vieram e fizeram um workshop, mantive contato com eles um pouco e depois os vi explodir. Então foi muito legal ter um ciclo completo, fazer com que eles voltassem e escrevessem aquela música para nós”, disse Gustin. “Eu sei que tem sido um dos favoritos dos fãs – o tempo todo as pessoas me dizem que foi a primeira dança deles no casamento, ou que caminharam até o altar ou algo assim. Então, eu sei que para os fãs de The Flash, ‘Running Home To You’ se tornou uma música importante para o relacionamento de muitas pessoas e para muitos casais.”

Fonte: The A.V. Club

Tradução e adaptação: Grant Gustin Brasil