Lucy Hale conta como foi trabalhar com Grant Gustin em ‘Puppy Love’

Em recente entrevista concedida por Lucy Hale ao TV Line, a atriz falou um pouco sobre a nova comédia romântica do Buzzfeed Studios, Puppy Love, que é estrelado por ela e Grant Gustin. A ex-estrela de Pretty Little Liars também falou sobre a experiência de trabalhar ao lado do ator.

Confira a tradução abaixo:

TVLINE | Mudando para os humanos, como você descreveria a história de amor neste filme?
Aqui vai minha apresentação rápida: sempre sou ruim em descrever as coisas, mas, você sabe, minha personagem Nicole e o personagem de Grant Gustin, Max, eles estão na era do namoro online. Ambos estão procurando por amor. Eles vão a um encontro desastroso e dizem: “Dane-se. Nunca mais quero ver você.” [Eles] não têm nada em comum, são pólos opostos. Mas acontece que nossos cachorros tiveram um encontro um pouco mais amoroso do que nós, então nos reunimos para ser pais até que a cachorra de Grant, Chloe, tenha filhotes. Torna-se uma história de ligação com esses cães, mas também de ligação entre si. E percebendo que Nicole e Max, embora sejam opostos, eles realmente trazem o melhor um do outro e trazem um pouco de equilíbrio para a vida um do outro.

TVLINE | Você pode falar um pouco mais sobre a dinâmica de personalidade de Nicole e Max e como eles combinam ou não?
Nicole é um espírito livre, um pouco caótico, diga-se de passagem. Sua vida é apenas um pouco confusa e difícil nas bordas. Ela é designer de interiores, ela é muito artística. Ela adora sair e festejar. Eu meio que a vejo como alguém que evita o amor. Ela está meio que evitando todas essas coisas boas em sua vida, e ela apenas sente que está em uma rotina e não consegue sair dela. Quando a conhecemos, é onde ela está. E pelo menos como eu percebi o personagem de Grant, Max, ele é um pouco mais tenso, muito ansioso, lida abertamente com a ansiedade no filme e não quer sair de casa, tem medo de ter experiências, de viver a vida dele. Então você pode imaginar os dois na mesma casa resultando em alguns momentos bem cômicos e caos. É como uma doce história de às vezes os opostos se atraem. Acho que Nicole precisa de um pouco mais de ordem em sua vida, e Max precisa de um pouco mais de caos. Então, no final, eles meio que se encontram em algum lugar no meio disso.

TVLINE | Você e Grant se conheceram antes deste filme? Eu sei que vocês dois estiveram em programas da CW em algum momento.
Não! Na verdade, pensamos que era tão bizarro que nunca tínhamos nos conhecido antes, porque acho que estive em dois programas separados da CW [Katy Keene e Life Sentence] enquanto ele ainda estava fazendo The Flash. Mas foi a primeira vez que nos encontramos, a primeira vez que trabalhamos juntos. Nós nos divertimos muito fazendo este filme.

TVLINE | Houve algo que você fez para construir a química? Como você conseguiu a vibração certa para os dois personagens?
É tão interessante com esses filmes. Normalmente, você conhece alguém e não tem tempo para conhecer [a personalidade], e imediatamente começa a filmar, e essa foi a situação aqui. Felizmente, ele é um profissional. Ele é um ótimo ator. Acho que nosso senso de humor na vida é o mesmo, mas também trabalhamos da mesma maneira. Tipo, nossa mentalidade profissional era a mesma e deu certo. Acho que isso se traduz no filme, e ele é um cara legal. Mas não, não tínhamos tempo para nos conhecermos ou sairmos ou qualquer coisa. Foi como, “Bem, espero que nos demos bem, e espero que isso transpareça”, e sim, espero que sim.

TVLINE | Eu sei que vocês dois podem cantar. Você sabia que ele sabia cantar? [Gustin canta no filme.]
Eu sabia que ele sabia cantar porque a equipe de cabelo e maquiagem do filme era obcecada por Glee. Qualquer que fosse a apresentação que ele fizesse em Glee, eles a reproduziam repetidamente. E Grant é um dançarino incrível.

TVLINE | Sim. Ele dançou durante um episódio de The Flash.
O que?!

Sim. Houve um episódio crossover entre Flash e Supergirl, e foi um episódio musical.

Oh, a CW adora fazer um episódio musical. eu não sabia disso. Ele é talentoso em todos os aspectos.

Nota: Esta entrevista ocorreu antes de o SAG-AFTRA anunciar oficialmente uma greve em 13 de julho.

Fonte: TV Line

Tradução e adaptação: Grant Gustin Brasil