O próprio Flash se juntou a nós na quarentena para uma entrevista ao vivo no Instagram para falar. Na entrevista abaixo, o ator Grant Gustin, que estrelou The Flash da CW por seis temporadas e contando, mergulha fundo em seu salto da faculdade para o teatro musical e para a televisão (outros destaques incluem “Glee” e “90210“), seu caminho para se tornar um ator e seu conselho para outros que aspiram seguir seus passos. Além disso, ele discute a próxima temporada de The Flash e como as filmagens foram impactadas pela pandemia do coronavírus.

Na transição do teatro musical para a televisão e a atuação nas telas.

“Isso era algo que eu meio que sonhava em acontecer em algum momento. Não pensei que aconteceria aos 20 anos do jeito que aconteceu. Cresci na Virgínia fazendo teatro e pensei em acabar em Nova York depois da escola porque o teatro estava sempre na vanguarda do que eu queria fazer. Eu definitivamente sinto falta de estar no palco. Não há nada disso mas a transição foi legal porque a primeira vez que estive na câmera de uma grande forma profissional foi como convidado em “Glee“. Eu estava recém-saído de uma turnê na Broadway [de] ‘West Side Story’. Eu fui e comecei em “Glee”, o que foi uma transição legal porque era um musical e eu estava cantando e dançando, apenas tentando me acostumar a estar no set e estar nas câmeras.”

Gustin sempre se imaginou se tornando um ator.

“Sempre foi o que eu soube que queria fazer mas eu não estava necessariamente pensando: “oh, esta é a minha profissão.” Sempre foi minha primeira paixão e tive muita sorte. Eu estava recebendo um BFA em teatro musical na Universidade de Elon, na Carolina do Norte, quando reservei ‘West Side Story’, acho que era meu segundo ano, e saí para fazer isso. Esse foi o momento em que eu sabia que era uma realidade que eu ia realmente começar a fazer isso. Eu posso ser muito autodepreciativo e sem confiança mas eu sempre tive essa coisa onde eu só sabia que era o que eu ia fazer. Seja fazendo teatro regional, começando a estar na Broadway ou eventualmente tendo uma carreira cinematográfica e de TV, eu sempre soube. Nunca houve realmente uma carreira de backup que eu tivesse em mente.

O melhor conselho de Gustin para aspirantes a atores é deixar a dúvida na porta.

“Tentar ter menos dúvidas e ansiedade sobre tudo o que você se joga porque é tão fácil duvidar de si mesmo e deixar a ansiedade, especialmente para o teste, assumir. Só eu posso trazer para a mesa o que eu posso trazer para a mesa. Se alguém entende, é porque não era para ser meu.”

Ele espera no futuro voltar aos palcos.

“As pessoas especulam que eu nunca mais gostaria de fazer algo como [‘The Flash‘] de novo mas estou aberto a isso. Eu interpretaria outro super-herói. Se eu tivesse a sorte de fazer isso ou outra coisa específica do gênero. Sempre fui atraído pela ficção científica e pelo mundo do gênero. Talvez este papel ajude a abrir esses tipos de portas para mim e eu definitivamente sou a favor disso. Ainda não fiz minha estreia na Broadway e isso é algo que é muito importante para mim, que eu adoraria fazer. Eu só quero estar no palco de novo. Não há nada como aquela gratificação instantânea de estar no palco e tão alto que você se sente se apresentando na frente de uma plateia ao vivo.”

Confira a live traduzida em nosso canal:

Fonte: Backstage.com

Tradução e adaptação: Grant Gustin Brasil