Na segunda-feira, 13 de julho, cinco dias depois que Naya Rivera desapareceu enquanto estava no lago com seu filho, seu corpo foi encontrado.

A ex-estrela de Glee morreu aos 33 anos, depois que seu filho, Josey, foi encontrado sozinho em um barco no Lake Piru, na Califórnia, em 8 de julho. Uma busca e recuperação, depois o resgate, começaram imediatamente e o Departamento do Xerife do Condado de Ventura confirmou que “não havia indicação de jogo sujo” ou que “isso foi um suicídio” na conferência de imprensa na quarta-feira depois que ela foi encontrada.

“Tivemos a sorte de encontrar uma das estrelas mais talentosas e especiais com as quais teríamos o prazer de trabalhar. Naya sabia atuar, dançar e cantar (ela sabia cantar!) Ela conseguia pregar uma piada tão bem quanto te destruir com uma cena emocional. Ela podia se mover entre assustadora, dura e profundamente vulnerável com facilidade. Ela foi um prazer de escrever, um prazer de dirigir e um prazer de ter por perto”, os criadores de Glee, Ryan Murphy, Brad Falchuk e Ian Brennan disseram em um comunicado.

Seus ex-colegas de elenco publicaram tributos a Rivera (que interpretou Santana Lopez no popular drama musical da Fox) para as mídias sociais, assim como fizeram quando pediram aos fãs que se juntassem a eles quando inicialmente desapareceu.

“Essa perda é realmente inimaginável. Como muitas pessoas afirmaram, Naya era uma força. Fiquei intimidado por seu talento e presença no set, mas ela sempre foi muito gentil e acolhedora comigo. Muito das minhas lembranças de Glee dentro e fora do set tem Naya nelas. Ela era única. Meu coração se parte por sua família e amigos. Sempre vou manter Naya em meu coração e lembrá-la pela pessoa forte, talentosa e compassiva que ela era comigo no breve período em que tem que passei com ela. Enviando toda força e amor à sua família e à todos que estão com o coração partido por essa trágica perda”, escreveu Grant Gustin em seu Instagram.

Fonte: TV Insider

Tradução e adaptação: Grant Gustin Brasil