The Flash está de volta nesta terça-feira (21) com seu primeiro novo episódio em cinco semanas, após uma mudança de agenda relacionada a pandemia. Grant Gustin conversou por telefone com o TV Line sobre os quatro últimos episódios da temporada e revelou novas informações.

Quando nos sintonizamos pela última vez, Barry teve a ideia de usar o diário de sua filha Nora para ajudar a construir uma nova Força de Aceleração. Isso será mais fácil de dizer do que fazer?
Com certeza. Barry terá o medidor de aceleração que Cisco e Caitlin desenvolveram para registrar quanta energia ele está usando e garantir que ele não está desperdiçando sua velocidade, mas, enquanto isso, essa Força de Aceleração artificial não ganhará vida tão rapidamente quanto gostaríamos. E quando eles finalmente encontram uma maneira de fazê-la funcionar, ela vem com um grande sacrifício para a equipe.

Os vilões da semana, como Rag Doll, também serão distrações?
O episódio do Rag Doll [no ar esta semana] muda a dinâmica da equipe e da família West-Allen no futuro. Eles não são apenas pequenos desafios; eles terão efeitos duradouros pelo resto da temporada. Não é apenas uma coisa do tipo vilão da semana, mas afetará o programa daqui para frente.

Por que? Existe algum debate sobre como lidar com um problema?
A equipe não quer que Barry desperdice sua velocidade, isso é um elemento certo, mas Joe também corre um sério perigo e é prejudicado no processo. Não quero estragar muito, mas a dinâmica da família West e do Team Flash será alterada por um tempo por causa do que acontece com Joe e Rag Doll.

Falando em Rag Doll, que é um pouco favorito dos fãs, eu tenho que perguntar: Como é testemunhar Troy James “fazer o que faz” lá no set? Porque em casa, podemos nos convencer de que há efeitos sendo adicionados, alguma edição inteligente….
O que eles mais colocam sobre a performance de Troy é o efeito sonoro de “quebrar ossos” quando ele está se curvando. Mas não é apenas durante as tomadas [que ele faz isso], ele apenas caminha aleatoriamente em sua direção [nos bastidores] engatinhando como uma aranha. [Risos] Ele é o cara mais legal e amigável, mas é aterrorizante quando ele está com a máscara e curvando-se por todo lado.

Para o público, Iris tem agido um pouco diferente, às vezes até dando conselhos atípicos – apesar de ter funcionado para você no último episódio. Do jeito que você atua, esses momentos “estranhos” estão se registrando para Barry? Ou a coisa do Thawne tem sido uma distração suficiente?
Acho que Barry teve distrações suficientes para não entender o que deveria às vezes. Tenho certeza de que os espectadores estão gritando com Barry em certos momentos, como: “Como você não está percebendo que algo está errado?!” Mas ele será o primeiro membro da equipe [fora o Wally] a começar a perceber que algo está errado com Iris, e ele começa a suspeitar. Há um ponto de ruptura em que ele olha para as últimas semanas e percebe que não é Iris.

O que é preciso para dar a ele aquele empurrãozinho? Ela tem uma fala insensata ou…?
É uma combinação de coisas. É um pouco das coisas que ela diz, mas mais uma conexão emocional que falta ou não é consistente com o que eles sempre tiveram. Barry tem um momento epifânio em que compartilha todas as suas suspeitas com Cecile, e os roteiristas me deram uma cena muito divertida para quando tudo isso acontece, onde eu transmito todas essas ideias sobre o que eu acho que realmente está acontecendo. Nós nos divertimos muito com isso.

Vários leitores perguntaram se a condição real de Iris como “impulsionadora” de Barry poderia desempenhar um papel nele, eventualmente retornando à potência máxima.
Não muito, para ser honesto. Existe uma conexão emocional que será usada… para descobrir como tirar Iris do Mirrorverse, mas não está necessariamente conectada a toda a ideia de “impulsionadora” neste momento.

Nos episódios que chegaremos nesta temporada, há uma cena especialmente substancial ou emocional pela frente para você e Candice Patton?
Sim, logo antes de Barry meio que descobrir o que está acontecendo, há uma grande cena de briga, essencialmente, que mudará a dinâmica de Barry e Iris e essa relação seguirá em frente pelo resto da temporada.

E no que diz respeito a Thawne, que está ostensivamente “crepitando” por aí em algum lugar, devemos ter medo de que forma – ou de quem – ele se tomará a seguir?
Haveria um grande gancho de Thawne no final da temporada, mas esse não será o gancho que teremos. O [episódio] 6×19, “Success Is Assured”, acabará sendo nosso final, então teremos um gancho diferente do planejado originalmente. Mas o gancho no final de 6×19 serve como um final muito bom.

Fonte: TV Line

Tradução e adaptação: Grant Gustin Brasil